Blog Cofermeta

Graxa alimentícia, a graxa atóxica para indústrias de alimentos

Lubrificação é um ponto crucial em qualquer dispositivo mecânico, onde ocorre atrito entre as partes. Dessa forma é indispensável o uso da graxa correta, levando em consideração a temperatura de trabalho, viscosidade e aplicação. Além desses fatores é preciso levar em consideração outro fator quando essa graxa vai ser utilizada em maquinários onde se pode ter contato com alimentos, bebidas, cosméticos e remédios. As fábricas não querem ter um problema com contaminação na produção, imagina o risco, a má reputação e falta de confiabilidade que uma marca pode ter ao intoxicar um consumidor por conta de uma graxa errada em seu processo de produção.

Portanto hoje vamos adentrar nesse tema, o primeiro ponto a se destacar são os setores onde normalmente esse tipo de graxa é aplicada, veja abaixo:

  • Máquinas e equipamentos para panificadoras
  • Processamento de alimentos
  • Máquinas embaladoras
  • Equipamentos e máquinas para envasamento
  • Esteiras transportadoras

Órgãos como a vigilância sanitária costumam verificar as instalações dessas indústrias buscando infrações onde podem prejudicar o consumidor. Portanto as graxas alimentícias precisam de regulamentação e aprovação de órgãos competentes para o seu uso. Aqui no Brasil quem regulamenta é a DIPOA (Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal), que é competente ao ministério da agricultura, pecuária e abastecimento.

Essas graxas precisam cumprir algumas exigências como:

  • Não ter gosto ou odor
  • Resistência a água
  • Repelir umidade
  • Suportar grandes cargas
  • Não alterar a cor dos produtos

Marcas como a SKF tem a graxa LGFP 2, que é feita à base de óleo branco medicinal e sabão complexo de alumínio. Ela possui o registro NSF H1, certificação Halal e Kosher, que são órgãos regulamentadores estrangeiros, seguindo um padrão de qualidade internacional.

Graxas alimentícias LGFP 2 SKF

Aqui na Cofermeta temos essa graxa fornecida em diferentes tamanhos, consulte conosco a disponibilidade de estoque.

Para você que deseja saber algumas características técnicas dessa graxa, vamos deixar logo abaixo algumas informações:

Quadro técnico LGFP 2

Preencha o formulário abaixo e receba a ficha técnica completa dessa graxa.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco, temos uma equipe técnica com conhecimento para sanar suas dúvidas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.